Bem vindo(a) ao NaturMariense

Convidamo-lo(a) a ler, participar e juntar-se às causas defendidas pelo CADEP-CN e pelos Amigos dos Açores, em Santa Maria.

Escreva, dê ideias e denuncie situações: cadep.cn@gmail.com ou santamaria@amigosdosacores.pt


4 de setembro de 2013

“SUBIDA DOS DEGRAUS DA MAIA”-2013 VOLTOU A SER UM SUCESSO,

   E TEVE BOAS NOTÍCIAS PARA A RECUPERAÇÃO DO VALIOSO PATRIMÓNIO DOS "CURRAIS DE VINHA"!
--
A aliança de excelência entre o desporto, saúde, convívio e a fruição/divulgação do valioso e singular património dos “currais de vinha” de pedra basáltica que atapetam aquela bela Fajã da Maia, voltou a resultar em pleno.
 -
No dia 31 de agosto, teve lugar  a 2ª edição da inédita  prova da “Subida dos Degraus da Maia”, organizada pela Associação “ Amigos da Maia” em colaboração com o CADEP-CN, participando mais de 24 atletas, entre os 9 e os 67 anos de idade.
 -
 Presenciaram a prova cerca de meia centena de pessoas que aplaudiram entusiasticamente os participantes de diferentes gerações e se deliciaram com a beleza do património, exemplificado pelo bom estado de conservação das vinhas do Senhor Ildefonso (onde se realizou o evento), lamentando a degradação crescente de várias faixas de “currais de vinha”, em zonas adjacentes.
 -
Para além da vertente desportiva, um dos objetivos do evento é chamar à atenção para a valorização e recuperação premente do monumental património  dos “currais de vinha”, cuja beleza e extensão do “reticulado basáltico” encosta acima é único nos Açores, sendo ele o fundamento de primeira para a classificação da Fajã da Maia como Paisagem Protegida de Interesse Regional, à semelhança da Baía de S.Lourenço.
- -
O Engenheiro Duarte Moreira, deputado Regional e Candidato à Câmara Municipal de Vila do Porto, que também participou na prova, em conversa com o público, no local, relevou a necessidade da recuperação patrimonial acima aludida, avançando o comprometimento de lançar medidas de incentivo e apoios concretos naquele sentido, conforme desejo de longos anos dos “Amigos da Maia”, do CADEP-CN e dos marienses em geral, abrangendo também a retumbante baía de S.Lourenço.
 -
Estas são boas notícias, pois “acreditar em Santa Maria”, passa imperiosamante por valorizar e recuperar o seu património, e tudo aquilo que a marca de forma identitária, sendo, sem dúvida, o grandioso património dos “currais de vinha” da Maia e de S.Lourenço uma dessas patentes diferenciadoras mais valiosas.
 -
Voltando à Prova “Degraus da Maia”, este ano, ela consistiu numa subida de 320 degraus de pedra basáltica, com saída individual dos participantes em intervalos de um minuto, sendo permitido que o percurso fosse efetuado em andamento rápido, corrida lenta ou mais lesta, consoante as condições dos atletas, tendo-se apurado as classificações através dos tempos efetuados por cada um.
 -
Os nossos parabéns à organização, chefiada pelo dinâmico e simpático presidente dos Amigos da Maia, Rui Andrade e coadjuvado pelo Ricardo Melo e Maria José Candeias, pela aceitação e  continuidade dada a esta iniciativa, lançada pelo CADEP-CN em 2012, esperando que prossiga no próximo ano e se afirme como uma prova emblemática das Festas da Maia.
-
 Da nossa parte podem contar sempre com o vivo incentivo e pronta colaboração. 
-
Agradecimento especial a todos os(as) simpáticos(as) participantes pela sua adesão e brilhantismo dada a esta prova, transformando-a mais numa festa e num “abraço” entre desporto e património do que numa competição pura e dura. 
-
Finalmente , uma reconhecida gratidão e justo reconhecimento ao Senhor Ildefonso pela simpática deferência da magnífica escadaria dos seus “currais de vinha”, cujo trato e cuidados que lhes dá, são um exemplo e uma verdadeira ode ao soberbo património que constituem.
-
 Para o ano os “Degraus da Maia” contam também com a sua subida! 
-
*José Andrade Melo
CADEP-CN (Clube dos Amigos e Defensores do Património-Cultural e Natural de Sta   Maria)
----------
Ver álbum completo da prova em:

 

Sem comentários: